Armário Cápsula – novas aquisições

Sumi, eu sei, mas prometo que foi por um bom motivo. Mudei de emprego faz um mês e estava me readaptando a essa vida.

Há uns dois meses atrás, fiz um post falando sobre armário cápsula e como  é importante comprar com sabedoria nos dias de hoje. Nesse post, falei da necessidade que senti em montar um guarda-roupa que eu conseguisse combinar as roupas entre si, sem precisar ter mil peças.

Esse final de semana, sobrou uma grana e acabei gastando com roupa, porque estava bem precisada de roupas novas.

Então, vamos a atualização da minha lista:

meu armário cápsula

Nessas compras, eu foquei em achar peças básicas e com um ótimo preço:

  • T-shirt manga longa cinza –  R$29,90 na C&A, a linha de básicos da C&A é bem bacana e o preço também é bem bom.

Blusa-Basica-Cinza-Mescla-8578638-Cinza_Mescla_1

  • Cardigan – R$ 39,90 na Riachuelo, a loja estava quase todo em liquidação, então tive que procurar bastante para achar peças que valessem a pena comprar.

cardigan

  • Skinny jeans – R$ 79,90 na C&A, há uns meses comprei uma skinny preta na C&A que vestiu super bem, e nessa ida a loja, encontrei o mesmo modelo, mas na cor azul e lógico que comprei né?

Calca-Jeans-Super-Skinny-Azul-Escuro-8708215-Azul_Escuro_1

  • Coturno – R$199,90 na Renner, esse eu comprei já faz um tempinho, até fim um post falando da compra.

IMG_1522

  • Tênis preto – R$199,99 na Authentic Feet, fazia tempo que estava querendo um tênis mais “da moda”, mas sempre que gostava de algum modelo, o preço não ajudava, nessa loja eu achei um da Rebook bem lindo e o melhor é que estava em promoção, tinha nas cores rosa clarinho e preto, e acabei comprando o preto, mas estou bem tentada a voltar na loja e comprar o rosa hehehe.

AQ9831_01

Além disso, comprei algumas blusinhas de cores mais neutras na Forever 21. Acabei gastando menos do que esperava e fiquei bem feliz com as minhas escolhas, e fiquei mais feliz ainda, por perceber que não sou mais a louca das peças baratas, e vou admitir, que achei várias peças que queria trazer, mas pensei muito antes para não comprar algo que iria ficar parado.

Aos poucos, vou me adaptando em comprar peças mais caras e versáteis, do que comprar mil peças e acabar não tendo nada para vestir. É uma reeducação, que está sendo mais fácil do que esperava, e espero que continue assim.

 

Bjos.

Coturno – looks

Finalmente, comprei o tão amado coturno, é não resisti.

IMG_1522.JPG

Comprei na Renner, é da marca Cravo e Canela e paguei R$199,99.

Comprei no sábado e já quero usar com tudo hehehehe, e desde de sábado, ando pesquisando vários looks no pinterest para me inspirar.

Achei um mais bacana que o outro e salvei todos, e resolvi separar os mais bonitos pra mostrar aqui:

Já quero usar com jeans, vestido, saia, short, com literalmente tudo, só não consegui uma desculpa para usa-lo ainda.

Com essa aquisição, já tenho mais um item da lista do meu armário cápsula.

 

Bjos

To querendo: Coturno

Não é de hoje que os coturnos vem fazendo sucesso a cada inverno. Eu sempre achei lindo nos outros, mas para mim achava que não funcionava, que não iria ficar legal, paranóia por causa do tamanho do meu pé.

Até o dia que provei um, e foi paixão a primeira calçada.

65ab9eae093eb16be389d5b9634a3c1f

Provei apenas para matar a curiosidade e ver como ficava, mas acabei me apaixonado e saindo da loja desejando um. O modelo que provei, foi um de verniz da Cravo e Canela, esse lindão da foto abaixo, só que na cor preta.

Cravo e Canela

Eu encontrei na Renner por R$199,90, mas só tinha dois pares e nenhum deles era meu tamanho, sai triste, mas determinada a encontrar um coturno para chamar de meu. Assim que cheguei em casa, partir na busca de modelos parecidos e achei esses:

01- Vizzano R$ 159,90 / 02- Arezzo R$ 499,90 / 03- Empório Naka R$ 169,99 / 04- DiCristalli R$ 189,90 / 05- Vizzano R$ 199,99 / 06- Empório Naka R$ 199,99

Hoje me dia, além do básico preto, tem em diversas outras cores, até de plástico tem, além do preço também.

E apesar de ser um sapato mais pesado, acho ele super fácil de combinar, então só escolher o seu e ser feliz com o pé quentinho nesse inverno.

 

Bjos

Comprando com sabedoria – armário cápsula

Como falei em outro post, fazia muito tempo que não sobrava uma grana para comprar roupa para mim, eis que o amado FGTS inativo, surgiu hehehe. Logo mais saco o meu, e resolvi dividir essa grana entre, pagar conta, guardar e comprar roupas para mim. A primeira e segunda divisão é fácil, agora a terceira, me fez pensar um pouco mais em consumo consciente.

Sei que preciso de peças novas e acho tudo maravilhoso, mas fico com “pena” de gastar tanta grana numa peça só, pois preciso de muita coisa e no final o dinheiro acaba não dando pra nada. Então fui em buscar de inspirações de armário cápsula, que nada mais é uma seleção de poucas peças que combinam entre si, fazendo com que você não precise de 30 mil roupas para ter um visual bacana.

011442d7adbefbd9e185fcec624b0198

Pesquisando algumas dicas no amado pinterest (me segue lá) achei essa lista acima, que é básica e moderna ao mesmo tempo, e pensei em adaptar essa lista para a minha realidade, pois tem algumas coisas ali que não irei usar com tanta frequência, como a clutch, brinco de diamante e calça de couro.

Acrescentei algumas coisas e tirei outras e ficou assim:

meu armário cápsula

E fazendo essa lista, percebi que muitas peças eu já tenho, o que é bom, mas ainda falta bastante coisa pra completar, e aos poucos vou preenchendo o que falta.

Acho que o mais importante pra montar um armário cápsula é não pirar e querer colocar coisas que estão na moda, pra mim, essa lista serve para  gente notar quais as peças básicas e atemporais que serve para o nosso dia-a-dia, e para não virar a louca do shopping querendo comprar mil coisas que não vai combinar com o restante do guarda-roupa.

Lógico que essa lista não é uma regra, e que além disso, não posso comprar mais nada. Essa lista, para mim, vai servir de uma direção para saber o que comprar e com o que combina com o que.

Semana que vem vou as compras, para ir preenchendo a lista e montando meu armário cápsula, então vamos trocer para eu não cair em tentação e sair fazendo a louca hehehe.

 

 

Bjos.

Comprando com sabedoria…

7d6c80bb5ae43d51e5fbbd1ff4f4e09e

Meses atrás, escrevi sobre o consumo consciente de produtos de beleza, e posso dizer que levei o mesmo pensamento para meu guarda-roupa.

Teve uma época, que me tornei a louca das tendências, todas as peças que via em blogs, queria comprar. Resultado disso tudo, acabei com um monte de peça, praticamente nova no guarda-roupa, pois a maioria não fazia o meu estilo.

Depois que fiquei desempregada e tendo somente a Lady Lucky como sustento, acabei reduzindo drasticamente o meu consumo de roupas, pois como trabalhava em casa, não precisava comprar roupas sempre e acabava me contentando com o básico.

Há 3 meses atrás, voltei a trabalhar fora e reparei que além de só ter poucas peças boas, todas estavam bem gastas. Daí logo que logo que recebi primeiro salário fui atrás de uma calça jeans nova, pois tava bem precisada, e me espantei demais com os preços. Tudo mega caro e com uma qualidade que deixava a desejar.

05ec5f5a264a5af9a2f7fc824be9bcd7

Depois de muito relutar, acabei aceitando pagar R$80,00 numa calça jeans básica, depois desse dia, comecei a pensar em como minha relação com moda mudou. Apesar de trabalhar com moda e numa região que respira moda, me surpreendi que há 3 meses trabalhando lá, não comprei nenhuma peça e mesmo agora tendo dinheiro para comprar as peças que eu quiser, ando pensamento muito mais no que compro.

896762aacbfaa431de494fbd8ee9c8c4

E mesmo que eu ame tal peça e que ela seja mega tendência, eu ando pensando mil vezes se vale ou não a pena comprar. Ultimamente ando querendo muito um coturno, e vi numa loja perto do meu trabalho, um de plástico furta-cor maravilhoso, mas apesar de ter amado ele, tenho certeza que vou acabar usando bem pouco, então estou realmente pensando e colocando na balança se devo comprar ou não e assim tem sido com outras peças também.

Uma coisa que sempre li e resolvi colocar em prática é a regra das 3 perguntas: Eu quero? Eu preciso? Eu posso? Se a resposta for não para uma das 3, significa que não devo comprar, só compro se a resposta for para as 3 perguntas. E assim vamos seguindo, e ao invés de investir em peças tendências, ando comprando mais peças básicas que combinam com tudo.

Com isso, além de ter só peças que realmente uso no meu guarda-roupa, acabo economizando uma grana 😉

 

Bjos!

Consumo consciente

Ontem, passeando pela minha timeline no facebook, vi um post de uma moça (num grupo sobre cabelos) falando de consumo consciente que me fez pensar demais sobre esse assunto.

e95b3a522893ee5a530f377cd1081440

No post, essa moça falava que com essa onda de transição capilar, as marcas de cosméticos, lançaram produtos para esse segmento, além de produtos para todos os tipos de cachos e ondulados. Com todos esses lançamentos, blogueiras e vloggers, cada dia falando de novos produtos que fazem milagres, ela se tornou muito consumista, pois sempre queria comprar a novidade do momento para testar, porém com esse acúmulo de produtos, uns que deu certo com o seu tipo de cabelo e outros que não, ela acabou ficando com um arsenal de produtos sem uso.

2a4e22f33b678f4fb3d4b46c6dbd966f

Li o post, concordando com cada palavra escrita, comecei a ver que influenciada pelo mundo blogueiro, já fui muito consumista, tive diversas fases, a dos batons, dos esmaltes, das roupas, dos produtos para cabelo e de produtos de papelaria. Dessas fases, a única que tava durando até então, era dos produtos capilares, há uns tempos atrás tentei fazer o tal do low poo e comprei um monte de coisa nova (o que tava usando antes, ficou encostado), daí resolvi que não tinha saco pra ficar lendo composição, e comprei mais produtos novos, no fim acabei com diversos cremes de tratamento com a mesma função.

Mesmo antes de ler o post dessa moça, eu já tinha prometido que não iria comprar mais nenhum produto, até todos que tenho aqui em casa, e aos trancos e barrancos, estou conseguindo me manter na linha, mas é difícil conter o vício.

2f85537f12490038b684583a147e8db9

Como uma das metas para esse ano é gastar menos, mudei meu foco na hora da compra. Ao invés de comprar mil roupas/cremes/esmaltes/etc. por causa do preço baixo, vou procurar produtos com mais qualidades e comprar menos, pois não preciso de 30 blusinhas do mesmo modelo ou de 5 esmaltes com a cor parecida, preciso apenas de um. Além dessa mudança de pensamento na hora da compra, comecei me desapegando de peças/produtos que não uso mais, ou que ta guardado porque um dia eu posso precisar.

E posso dizer, que todo esse processo de desapego, tem me feito um bem danado, pro bolso e pra alma, aconselho todo mundo a aderir.

Bjos.