Meu cabelinho

Um dos meus primeiros posts foi sobre cabelo, onde eu contei minha trajetória capilar (para ler só clicar aqui). Nesse post, comentei que estava na saga para deixar o cabelo crescer, foram meses de luta, usando cremes, tônicos e tudo o que falavam ser bom para o cabelo crescer, porém na semana passada, acabei tomando uma decisão que me deixou bem feliz.

Sim, cortei o cabelo de novo!

IMG_1621

Fui ao Retrô Hair da Paulista e escolhi a Pera para fazer essa transformação. Foi minha primeira vez na unidade da Paulista e adorei, lugar pequeno e aconchegante, sem aquela muvuca que é a unidade da Augusta.

IMG_1628

Quando cheguei no salão estava bem determinada em voltar ao pixie, não tinha referência, então deixei nas mãos da Pera para cortar do jeito que quisesse. Confesso que, quando ela começou a cortar, foi batendo um friozinho na barriga e um certo desespero, pois estava ficando cada vez mais curto. Apesar de ter ficado bem mais curto do que eu estava acostumada, eu amei e estou me redescobrindo.

01

Lá no meu instagram tem um vídeo de como ficou.

Ainda estou me adaptando e descobrindo maneiras de ajeitar, pois foi uma mudança bem drástica, e ainda me estranho algumas vezes ao me olhar no espelho, mas ando recebendo tantos elogios, que é impossível não se sentir maravilhosa!!!

E apesar de achar lindo cabelo comprido, me encontrei no cabelo curto, e para quem fala que, cabelo curto não da para fazer penteados, aí que se engana, pois são muitas as possibilidades e como notamos mais o crescimento dos fios, dá para variar muito nos cortes.

Cortar o cabelo é libertador, eu super recomendo!!

 

Bjos.

Anúncios

Cabelo, cabelo meu – coisas que ninguém te conta

Há um tempo atrás, fiz um post falando sobre meus dilemas com o meu cabelo, hoje venho contar para vocês o que ninguém conta, quando resolvemos deixar o cabelo crescer.

Quando você corta o cabelo, fica lindo, maravilhoso, você sai do salão se sentindo uma deusa.

Depois de tempo, o cabelo começa a crescer e não tem nada que faça você domar ele, é aí que entra o dilema: corto ou deixo crescer? No meu caso, resolvi deixar crescer, e foi aí que meus problemas começaram.

Tinha dias, que acordava me sentido a Tyra Banks.

Porém, em outros, eu acordava querendo passar a máquina zero na cabeça.

Até que a fase mullets passou e começou a dar para prender o cabelo, todo dia era um desafio para fazer um penteado descente.

Teve a fase, de só conseguir usar o cabelo liso.

Até que chegou o dia, que consegui usar ele natural, e sai me sentindo uma diva.

Mas apesar de ter dias que ainda me bate a vontade de cortar curtinho de novo, sigo firme e forte, na batalha para fazer o cabelo crescer.

E mesmo tendo dias que me sinto horrível e só consiga o cabelo preso, lembro dos dias que o cabelo estava maravilhoso.

 

E continuo na saga do cabelo comprido.

 

Bjos

Virei fã

Vou assumir que, não sou de acompanhar canais no youtube, alias, não tenho muita paciência para ficar assistindo vídeos, mas uns dias atrás descobri um canal que amei.

milabu09

Descobri esse canal por acaso, através daqueles vídeos curtinhos que algumas fanpages compartilham, a moça se chama Milana e é uma Beauty Vlogger da Florida, o canal dela é o Milabu. Nos vídeos, ela ensina a fazer penteados variados para quem tem cabelo curto, e o melhor de tudo, os penteados são super fácil de entender. Além dos penteados, ela também ensina maquiagens lindas.

Esse tutorial foi o que eu mais gostei, e já tá nos favoritos para tentar qualquer dia.

Como disse acima, apesar de não ter muita paciência pra assistir a vídeos, achei os dela bem explicadinhos e não são cansativos, tanto que o dia que descobri o canal, assisti uns 10 vídeos seguidos, pois a moça é super carismática e te faz se sentir a melhor amiga dela.

 

Bjos

Cabelo, cabelo meu…dilemas

Sempre fui uma pessoa bem desencanada em relação a corte de cabelo, e nunca me arrependi de ter feito algum corte louco. Já tive cabelo bem cumprido e também bem curtinho, e amo essa mudança que o cabelo proporciona, além do mais, cabelo cresce.

Já havia um tempo (mais ou menos uns 2 anos) que tava sem cortar o cabelo direito, aparava a franja de vez em quando. Até que no começo do ano passado, resolvi aderir ao corte pixie e usei essa moça da foto como inspiração para o corte.

27a20be1afa9bb2b886e6e7aaa254e3c

Ela se chama Brittenelle Fredericks e tem o cabelo de dar inveja. E o meu cabelo fiou assim.

13095823_994586783951043_8018018709181354150_n

Na segunda vez que fui cortar, para manter o corte, não levei referência nenhuma e pedi para o cabeleireiro um pixie com franjão e ficou assim.

14203186_1074142389328815_1174074514964490501_n

Lindo e maravilhoso, porém ficou bonito uns 3 meses, até que resolvi deixar crescer e daí que o pesadelo começou…

Desde então, meu cabelo já cresceu bastante, mas está naquela fase cogumelo, onde não adianta o que faça ele sempre fica armado e sem forma. Pra melhorar tudo no aspecto do cabelo, uns 2 meses atrás decidi que queria pintar o cabelo de rosê e a apesar do cabelo estar bem tratado, a descoloração deixou o fio mais fino, que por sua vez, arma mais fácil.

Quero deixar o cabelo crescer, mas não aguento mais ele como está, sem forma, sem corte, daí acabo ficando nesse ciclo sem fim. Uma das opções para domar o cabelo é fazer uma progressiva, mas não queria mais química no meu cabelo, a outra é manter ele preso, mas daí acaba marcando e quebrando os fios.

Aí, procurando inspirações do que fazer com o cabelo, até passar a fase cogumelo, achei esse desenho fofo no pinterest.

3ddb56cc9cd16a7bf6a838220fc33953

E seria um sonho se o cabelo crescesse exatamente do jeito desse desenho, o meu ta entre o 2 e o 3, mas não nessa versão bonitinha.

Enquanto isso, sigo na saga de tentar deixar o cabelo crescer e manter a cor (que está linda, diga-se de passagem), mas a qualquer momento pode me dar uns 5 minutos e mudar a cor e cortar curtinho de novo.

Aguardando os próximos capítulos…